Na terça-feira, a easyJet anunciou a venda e leaseback de outras nove aeronaves Airbus A320. O movimento mais recente nos esforços da transportadora para aumentar a liquidez por meio das vendas de aeronaves gerará £ 306 milhões em dinheiro.

Em uma tentativa de sustentar suas finanças durante a pandemia prolongada, a transportadora econômica easyJet vendeu outras nove aeronaves a locadores. Os últimos acordos de venda e leaseback são para duas transações de jatos Airbus A320 e arrecadarão 306 milhões de libras ($ 399 milhões). A easyJet irá alugar os aviões de volta até eles completarem dez anos de idade.

A companhia aérea fechou um acordo para a venda de cinco A320s para a Wilmington Trust SP Services, com sede em Dublin. Esta venda irá gerar receitas de caixa de £ 147 milhões ($ 191 milhões), criando obrigações de leasing de apenas cerca de £ 124 milhões ($ 161 milhões). Os quatro A320 restantes irão para outro locador irlandês, Sky High 112 Leasing Company. Este negócio proporcionará à easyJet £ 159 milhões ($ 208 milhões) e criará obrigações de leasing de £ 108 milhões ($ 141 milhões).

Ao todo, antes do anúncio de hoje, a easyJet vendeu e alugou de volta um total de 23 aeronaves, fornecendo-lhe £ 680 milhões ($ 886 milhões) em fundos de emergência. Após a última transação para os nove A320s, a transportadora disse que manteria 152 aeronaves totalmente próprias e não oneradas, representando aproximadamente 44% de sua frota.

No entanto, a easyJet não exclui mais vendas de aeronaves mais adiante.

Fonte: Simple Flying

Fundado em 2018, o AviationWiki é um site no seguimento de aviação levando notícias, curiosidades e histórias para os 4 cantos do planeta. Nossa equipa está em missão para poder levar ao leitor, a verdade em notícias e informativos sobre acontecimentos, curiosidades sobre aviação e também as histórias e lembranças que marcaram a aviação.