A Fabricante americana esta a passar por dificuldades de nas linhas de montagem nas fabricas de Wichita e Seattle, o que levou a atrasos nas entregas de aeronaves, o que deixou companhias aéreas incomodadas.

Michael O´Leary CEO do Ryanair Holdings Group afirma que os atrasos são bastante frustrantes, “é muito difícil ser utilizadores de Boeing europeus, nós queremos mais aeronaves, nós queremos continuar a crescer mas a Boeing continua a falhar as datas de entrega, o que é muito frustrante”, segundo O´Leary a Boeing devia entregar 57 aeronaves até ao fim de abril de 2024 mas a expectativa é de talvez “se tiverem sorte” até Junho a Boeing entregue entre 47 a 50 aeronaves. O´Leary diz que a Ryanair não irá aceitar aeronaves depois do fim de Junho devido à época alta de Julho e Agosto.

Os problemas da linha de produção da gigante Americana ja duram à cerca de 2 anos e ainda estão longe de terminar, espera-se que a Boeing resolva os problemas na produção nos próximos 12 à 18 meses, um longo período onde a Boeing terá de trabalhar junto com as companhias aéreas para reduzir ao máximo o prejuízo que estes atrasos acarretam para as empresas utilizadores de aeronaves Boeing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 + 2 =