Ao longo das últimas décadas, a aviação tem experimentado uma revolução tecnológica que transcendeu as cabines dos aviões, alcançando o alcance das mãos de entusiastas e curiosos da aviação. Um dos protagonistas dessa transformação é o RadarBox, um aplicativo de rastreamento de voos que oferece uma visão fascinante e detalhada do movimento aéreo global. E nós da AviationWiki em Parceria com a Radar Box vamos descobrir um pouco mais como funciona esta tecnologia que esta presente nos dias de todos os apaixonados por aviação e daqueles que amam viajar.

Desbravando o RadarBox: Uma Visão Geral

O RadarBox criado em 1999 é o rastreador mais antigo em funcionamento nos dias de hoje com cerca de 2 milhões de utilizadores diários, um aplicativo de rastreamento de voos que vai além das expectativas. Com uma cobertura global, este aplicativo utiliza tecnologia avançada, destacando-se pela precisão e pela interface intuitiva que proporciona aos utilizadores uma visão completa e detalhada do movimento aéreo em todo o mundo.

A essência do RadarBox reside na sua capacidade de oferecer informações em tempo real sobre voos, fornecendo dados precisos de posição, altitude, velocidade e identificação das aeronaves. Essa precisão é possível graças à tecnologia ADS-B, que permite às aeronaves transmitirem automaticamente dados relevantes, garantindo uma representação fiel do tráfego aéreo.

Ao explorar o RadarBox, os utilizadores são recebidos por uma interface amigável que transforma o rastreamento de voos em uma experiência envolvente. O mapa interativo exibe detalhes sobre cada aeronave, desde sua rota até informações específicas sobre o voo, proporcionando uma compreensão abrangente do cenário aéreo.

A Tecnologia que Move o RadarBox

Por trás dessa tecnologia incrível está uma infraestrutura robusta baseada em informações de uma rede global de recetores ADS-B (Automatic Dependent Surveillance–Broadcast), Satélites, e estações terrestres, criando uma malha de dados que cobre praticamente todos os cantos do globo. O ADS-B é um sistema automático de vigilância que permite que a aeronave determine sua posição via satélite e periodicamente transmita essa posição. Essas transmissões podem ser recebidas por outras aeronaves nas proximidades, bem como por estações no solo, no Radar Box, são mais de 30000 estações solo espalhadas pelo globo que enviam as informações recolhidas de aeronaves num raio de até 350 milhas náuticas e as enviam para o servidor que depois serão apresentadas nos aplicativos dos utilizadores. Outro método de recolha de dados é por satélite, a RadarBox tem uma rede de satélites de parceiros que ajudam a manter os dados atualizados quando as estações solo se encontram fora do alcance das aeronaves.

Um sistema que funciona na base da comunidade daqueles que se voluntariam a instalar recetores ADS-B em suas localidades para manter a base de dados atualizada e manter mais de 2 milhões de pessoas que utilizam o aplicativo diariamente em mais de 190 países com a informação em tempo real do trafego aéreo mundial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 − nine =